Embaixadora adjunta do Reino Unido para Cabo Verde visita Boa Vista

Relações Institucionais E Cooperação 1

Embaixadora adjunta do Reino Unido para Cabo Verde visita Boa Vista

A embaixadora adjunta do Reino Unido para Cabo Verde, King Harriet, que se encontra de visita à ilha da Boa Vista será recebido hoje pelas 14h30, pelo presidente da Câmara Municipal, José Pinto Almeida.

A diplomata britânica que estará na ilha das dunas, entre os dias 21 e 23 vai inteirar-se da situação dos cidadãos britânicos residentes e dos turistas que visitam o município.

Além da visita cortesia ao edil local, King Harriet vai ser recebida por outras autoridades locais, nomeadamente a Polícia Nacional (PN).

De acordo com o programa de visita, King Harriet vai igualmente entrar em contacto com os operadores turísticos do Reino Unido residentes na ilha e ouvir as suas preocupações.

Esta visita vista também estreitar as relações com as autoridades locais.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no primeiro trimestre de 2014, os estabelecimentos hoteleiros de Cabo Verde acolheram menos 2.631 turistas, cerca de 1,6 por cento, do que no mesmo período do ano transacto.

O Reino Unido aparece em primeiro lugar, com 18,6% do total das dormidas, seguido da Alemanha, Países Baixos, França e Itália, com, 14,5%, 11,9%, 11,8% e 5,5%, respectivamente, revelou o INE.

De acordo com a mesma fonte, o principal mercado emissor de turistas passou a ser a França, com 16,4% do total das entradas, seguido do Reino Unido, com 14,2%, Alemanha com 12,4%, Países Baixos com 10,8% e Portugal com 7,0%.

O Reino Unido lidera também em relação às dormidas, com 18,6% do total. A seguir vem a Alemanha 14,5%, Países Baixos com 11,9%, França com 11,8% e Itália, com, e 5,5.

A maioria dos turistas provenientes do Reino Unido preferiu como destinos a Boa Vista (67,6%) e o Sal (31,1%). Escolheram como local de acolhimento, os hotéis, em cerca de 99,1% dos casos.

Segundo os dados apurados, os visitantes provenientes do Reino Unido foram os que tiveram maior permanência média em Cabo Verde no trimestre em análise, com 7,9 noites, depois estão os italianos com 6,8 noites, os alemães com 6,7, e dos Países Baixos, com 6,4 noites.