Bofareira acolhe um Jardim e um parque infantil

Outdoor Final Festas Do Municipio 2015

Bofareira acolhe um Jardim e um parque infantil

O presidente da Câmara Municipal, José Pinto Almeida inaugura hoje na localidade de Bofareira, um jardim e um parque infantil.

O investimento nessas infra-estruturas está orçado em cerca de oito mil contos e é co-financiado pela Associação Eco-Chaves.

Esta infra-estrutura vai responder a uma antiga revindicação da população local, que se vê obrigada a deslocar as suas crianças para outros povoados para frequentar o pré-escolar.

Tanto o jardim como o parque estão equipados com mobiliário moderno, próprio para a aprendizagem culminada com a diversão.

Convém frisar que além das duas infra-estruturas referidas, a Eco-Chaves có -financiou ainda a construção de 23 casas de banho, que serão inauguradas amanhã, pelas 17h15, pelo edil da Boa Vista, José Pinto Almeida.

O valor global desse investimento está orçado em cerca de 11 mil contos.

As casas de banho foram construídas em todos os povoados da ilha, abrangendo as famílias mais carenciadas, cujas condições socioeconómicas não as permite construí-las.

A aposta na construção de casas visa melhorar as condições sanitárias nesse Município.

E por falar na melhoria de vida da população da ilha das dunas, o edil local procede também no dia 03, a inauguração da ligação da rede domiciliária de água na localidade do Rabil.

O projecto vai abranger cerca de 250 famílias, reduzindo assim a penúria da falta de água nessa localidade.

O projecto de extensão/ampliação e ligação da rede pública de abastecimento de água no povoado está avaliado em 11 mil contos e é co-financiado pela autarquia local e pelo Governo de Cabo Verde, através do Ministério do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território.

Ainda enquadrada nas festas do Município 2015, mais uma família carenciada, desta vez, da cidade de Sal Rei vai receber a chave da sua nova habitação.

A entrega dessa moradia social é mais um investimento da equipa camarária liderada pelo José Pinto Almeida, para minimizar a problemática de habitação social nesse concelho e proporcionar aos mais desfavorecidos uma vida condigna e a realização do sonho da casa própria.

A família da dona Chiquinha que vai beneficiar de uma habitação do tipo T2, foi surpreendida no ano passado, com o desabamento do tecto do quarto e ficou praticamente sem a sua residência.

Depois de muito susto e angústia, o sonho da dona Chiquinha de ter uma habitação condigna está prestes a realizar-se. A sua nova casa está orçada em dois mil e seiscentos contos.

Salienta-se ainda que no passado dia 23, o autarca boavistente entregou duas habitações reabilitadas em João Galego, no valor de quase dois mil contos e no dia 24, uma família de Fundo das Figueiras beneficiou de uma moradia social construída de raiz em, orçada no valor de aproximadamente 3 mil contos.