Adilson Spencer vence a 3ª edição do “Marathon Cabo Verde”

Desporto

Adilson Spencer vence a 3ª edição do “Marathon Cabo Verde”

O atleta cabo-verdiano, Adilson Spencer venceu domingo, 10, a 3ª edição de 42,195 quilómetros, realizada na Boa Vista ao bater o “record” com o tempo de 02:31 e 50 segundos.

A competição aconteceu no domingo e contou com o patrocínio da Câmara Municipal da ilha, que disponibilizou 12 mil escudos, para apoiar na premiação dos vencedores.

A corrida envolveu 15 atletas das ilhas de Boa Vista, Santiago e Brava.

A semelhança do ano anterior, os concorrentes fizeram um percurso, Cidade de Sal-Rei, Rabil, passando pelo Norte da ilha até “Pazconde” e a meta foi o largo da praça de Santa Isabel.

A segunda posição foi arrebatada pelo atleta da Brava, Joaquim Gomes Fortes, com o tempo de 02: 38´40”. Danilson Varela, de Santa Catarina de Santiago fechou o pódio ao assegurar o terceiro lugar com o tempo de 2 h 43’42”. José Cabral ficou no quarto lugar com o tempo de 2h 57’04” e Augusto Gama no quinto com o tempo de 3h 06’30”.

No mesmo dia aconteceu a meia-maratona de 21 quilómetros, uma prova não competitiva e que envolveu vários atletas com um tempo máximo de cinco horas.

Já a prova da meia maratona de 21 kms teve como vencedor o filho da Boa Vista, João Ramos Tomar, ao fazer o percurso em 1h 38’30”.
O segundo lugar foi conquistado pelo atleta, João Baptista Brito, com 1h 41’34”.
Oceano Paixão com o tempo de 1h 44’57” conseguiu o 3º classificado e Albino Fortes da Cruz, o 4º com o tempo de 2h 02’30”.

A italiana Emanuela Panigoni foi a única mulher presente na edição deste ano e bateu o “record” da meia maratona feminina ao correr os 21, 095 quilómetros em 01: 46 e 46 segundos.

As duas corridas fazem parte do projecto “Cabo Verde Maratona e Meia-Maratona”, organizado pela Associação de Atletismo local e da Marathon Club com o objectivo de preparar uma equipa de atletas nacionais de envergadura para poder competir nos voos internacionais.

Recorde-se que a primeira edição do “Marathon Cabo Verde” foi ganha pelo atleta Adilson Spencer, o ícone do desporto cabo-verdiano e filho da Boa vista e a segunda edição pelo Aricson Spencer Gomes.